Animais também precisam de cuidados especiais no inverno

Com a chegada do inverno nós mudamos bastante a nossa rotina: As roupas são mais quentinhas, precisamos cuidar melhor da saúde e preparamos a casa para deixar tudo mais confortável nos dias frios. Com os animais não é diferente! Eles também sentem os efeitos das baixas temperaturas e é preciso ter alguns cuidados com o seu pet no inverno.

É verdade que algumas raças são mais adaptadas ao frio e adoram a chegada do inverno – é o caso do husky siberiano e do são bernardo. Mas os cachorros de pelo curto podem sofrer bastante nesse período. Fique de olho especialmente nos filhotes e nos cães idosos, que devem estar sempre agasalhados. Nesses casos, as roupinhas e agasalhos não são frescura, são necessidade! Os animais mais velhos costumam sofrer com artrose e sentir dores na coluna e nas articulações quando esfria. Além disso, eles sentem mais frio porque a pelagem não é mais eficiente, a camada de gordura não é tão grosa e o metabolismo é mais lento.

Não leve seu pet para passear se estiver chovendo, pois ele pode pegar um resfriado ou até uma doença respiratória mais grave. Espere para dar banho no horário mais quentinho do dia, ou aguarde fazer um dia de sol para levá-lo ao pet care. Certifique-se de que ele vai tomar banho com água morna e que vão secá-lo rapidamente.

Em casa, se o seu cão fica do lado de fora, é preciso providenciar um abrigo ou casinha para ele se proteger. Forre o local com colchões e edredons para que ele fique mais confortável à noite. Se o seu amiguinho dorme dentro de casa, providencie uma cama quentinha e coloque um estrado entre o colchão e o chão para que o frio não passe para a cama.

Em alguns dias de chuva ou muito frio, seu cachorro pode não querer sair para passear (e quem iria querer?!). Neste caso, providencie atividades em casa para que ele possa se entreter e não ficar entediado.

Se você tem gatos, também é importante tomar alguns cuidados no inverno. Opte pelas caminhas/casinhas tipo iglu porque os gatos adoram se esconder – e assim eles vão ficar num lugar quentinho e protegidos do frio.

Gatos de pelagem muito curta precisam de um agasalho nos dias mais frios. Não são todos que aceitam, mas se o seu tem pelo muito curtinho e você mora num lugar muito frio, é bom tentar. Ah! E é importantíssimo manter as vacinas em dia, principalmente a vacina contra rinotraqueíte!

Fique de olho no comportamento do seu animal – seja gato ou cachorro. Se ele apresentar uma mudança brusca de comportamento, apatia, tremedeira ou estiver sempre procurando cantinhos mais quentes da casa para se abrigar, com certeza ele está desconfortável com a temperatura ambiente.