• Home
  • Blog Dynamic
  • De olho na saúde do seu pet. De plástico, vidro, inox ou cerâmica: escolha o melhor BEBEDOURO/COMEDOURO

De olho na saúde do seu pet. De plástico, vidro, inox ou cerâmica: escolha o melhor BEBEDOURO/COMEDOURO

O material de comedouros e bebedouros pode intoxicar água e alimentos, além de propiciar a proliferação de bactérias e fungos

Recipientes

Comedouros e bebedouros para cães e gatos são geralmente escolhidos pelo preço, tamanho e beleza. Mas é bom saber que os diferentes materiais disponíveis à venda escondem perigos que podem afetar a saúde do peludo. As opções de plástico são de longe as mais comuns e justamente os menos indicadas. Estudos que pesquisam os efeitos do plástico na saúde (de todos, inclusive na humana) demonstram que ele libera petroquímicos na água e em outros líquidos. Bactérias e outros microorganismos fazem a festa em seus poros e ranhuras, podendo transmitir falhas de pelo e dermatites em focinhos e bocas. Nos gatos, o plástico pode provocar nos queixos uma doença inflamatória específica.

Tóxicos

Quando aquecido ou lavado com água quente o plástico libera Bisfenol A, um composto orgânico associado ao diabetes, câncer de mama e a outras doenças crônicas. Potes de alumínio são sabidamente tóxicos por liberar alumínio na água e comida, intoxicando em longo prazo. Os dois materiais apresentam a desvantagem de juntar bactérias e outros micro-organismos quando sofrem arranhões ou mordeduras, muito comuns no caso de serem usados para cães, principalmente filhotes. Poucas pessoas lavam comedouros com a frequência necessária e de maneira correta. 

 Não tóxicos

Comedouros e bebedouros de cerâmica polida e pintada, de vidro e de aço inoxidável são fáceis de limpar e não liberam substâncias nocivas à saúde dos animais. Podem receber água quente para desinfecção e, por não terem poros, não retêm bactérias/fungos. Seja qual for sua opção, a higiene e a troca de água diariamente são necessárias. Experimente usar potes pequenos, assim você se força a repor a água com frequência e a ofereça fresca, limpa, sempre à sombra e protegida. Nunca deixe restos de comida nos comedouros. Ofereça a comida e, se em vinte minutos ela não for consumida, recolha tudo, limpe o pote e alimente o pet apenas no próximo horário de refeição.

Giardíase

O protozoário Giárdia lamblia, presente no intestino da maioria dos peludos, é facilmente transmitido pela água, incomoda a vida de cães e gatos e provoca fortes diarreias com sangue, muco e cheiro forte, deixando a animal bastante debilitado. Se a imunidade do animal estiver boa, ele geralmente lida com o protozoário e não adoece, mas se ela cai, é incômodo na certa. Existe um medicamento homeopático com efeitos excelentes na prevenção e tratamento da giardíase. A vacina contra giardíase não é recomendada e é desaconselhada pela American Animal Hospital Association e pela World Small Animal Veterinary Association, entidades que dão as diretrizes sobre vacinação veterinária nos Estados Unidos. O uso de comedouros e bebedouros que não retêm micro-organismos ajuda a combater a proliferação da doença.

E você ja ouviu falar das BIO BOWLS da WE STEP CLEAN?
Comedouro e Bebedouro atóxico e biodegradável. Mais saúde para os animais de estimação.Mais cuidado com o meio ambiente.
Em breve a venda aqui no nosso site! Fique ligado e mantenha seu pet e seu mundo saudáveis :)