fbpx
  • Home
  • Blog Dynamic
  • Vitiligo em pets: é possível que os animais desenvolvam a doença!

Vitiligo em pets: é possível que os animais desenvolvam a doença!

O vitiligo é uma doença conhecida por despigmentar a pele, causando manchas esbranquiçadas pelo corpo e rosto. Porém, essa condição também pode surgir nos animais e não é tão rara como a gente pensa.

Saiba mais sobre o vitiligo em pets!

O que é o vitiligo?

O vitiligo causa a diminuição das células responsáveis por produzir a melatonina, o que resulta em manchas claras pelo corpo, olhos e cabelo. Não se sabe ao certo a causa da doença, mas acredita-se que pode ser uma herança genética ou ainda um ataque autoimune do próprios sistema imunológico.

Há também hipóteses que ligam o vitiligo com estresse ou exposição exagerada ao sol, mas a real causa ainda não foi comprovada.

O que precisa de atenção?

Caso sejam detectadas algumas manchas claras no corpo do seu bichinho, a indicação é levá-lo ao veterinário, pois o vitiligo é apenas uma das possibilidades. O diagnóstico pode ser realizado por exames físicos ou detectado por características autoimunes no exame de sangue.

O vitiligo não é uma doença contagiosa. Além disso, não afeta a saúde do animal, tendo apenas a característica estética. Algumas raças estão mais propensas à doença: em gatos, os siameses têm mais probabilidade de desenvolver a condição; já em cachorros, Pastor Alemão, Rottweiler, Doberman, Pinscher, Rottweilers e Dachshunds.

Por conta da falta de melanina, é preciso tomar o dobro de cuidado com o sol, visto que a pele sensível pode facilmente acabar queimada.

Também é preciso se atentar para os fios brancos. Caso o pet já tenha alguma idade, fios brancos não quer dizer que ele esteja, de fato, com vitiligo. É comum o pelo dos animais se tornar grisalho.

Fonte: Pet blog-Folha Vitoria

 

Tags: saudepet, maissaude, petsaudavel