fbpx

Brinquedos para pets: Aprenda a escolher as melhores opções

Embora existam exceções que acabam por confirmar a regra, a verdade é que, hoje em dia, boa parte dos pets passa o dia todo dentro de casa, sem muito o que fazer e sem ter com quem interagir.

Pensando nisso, fica fácil entender a importância dos brinquedos na vida dos animais de estimação. Afinal, além de estimular o movimento e um maior gasto de energia, os brinquedos para pets também são ótimos para entreter e desestressar nossos amigos. Mas, para isso, é importante caprichar na escolha e na forma de utilização desses brinquedos para pets.

Brinquedo para cachorro: um tipo para cada ocasião

Seja seu pet cachorro, gato, ave ou roedor, os melhores brinquedos sempre são aqueles que estimulam instintos naturais e a inteligência dos animais de estimação.

Mas, da mesma forma que a gente costuma preferir um tipo de atividade quando estamos sozinhos e outro quando estamos com amigos, os brinquedos mais recomendados para os cães também podem variar de acordo com a ocasião. Confira algumas delas:

Quando o pet está sozinho: os mais recomendados são os brinquedos interativos para cachorro ou ocupacionais. É o caso de bolinhas nas quais é possível colocar pasta ou ração, e mesmo jogos. Isso porque esse tipo de brinquedo estimula e recompensa o pet, mantendo-o distraído e interessado por mais tempo. Além de serem muito seguros e resistentes.

Para estimular a interação entre dois pets: proporcionar bons momentos entre dois cachorros é uma das melhores formas de fortalecer o vínculo entre eles. Entre os brinquedos interativos disponíveis para que eles brinquem juntos estão cordas, discos e brinquedos com duas pontas.

Para fortalecer o vínculo entre cão e tutor: brinquedos não são importantes só para quando cães estão sozinhos. Eles também são uma ótima maneira de interagir e de se divertir com nossos amigos. Para isso, também vale apostar em brinquedos com duas pontas, como cabos de guerra, assim como em discos, bolinhas e outros que possamos arremessar.

Para gastar bastante energia: de maneira geral, todos os brinquedos proporcionam bem-estar ao pet, mas, se o objetivo é gastar energia, as melhores opções são aquelas que o colocam para correr, como arremesso de discos e de bolinhas.

Menos é mais ou quanto mais melhor?

A quantidade de brinquedos não tem tanta relevância. Isso porque, embora seja recomendado ter tipos variados de brinquedo a fim de estimular diferentes aspectos e de distrair o pet por mais tempo, o melhor é não deixar todos eles disponíveis ao mesmo tempo, sendo recomendado fazer um revezamento.

Os brinquedos também não devem ficar à disposição o tempo todo, devendo ser retirados na hora de dormir. Pois, se estiver sempre à disposição pode perder o interesse. 

Fonte: Petz