fbpx
  • Home
  • Blog Dynamic
  • Xixi no lugar certo: 7 erros que dificultam o aprendizado do pet

Xixi no lugar certo: 7 erros que dificultam o aprendizado do pet

Os primeiros dias de um cachorro na casa de seus novos tutores são sempre de muita alegria. Familiarizar-se com o jeitinho do pet, com a forma como ele explora a casa, demonstra seu carinho, tudo isso é uma delícia! Mas, como nem tudo são flores, a fase traz também seus desafios, como ensinar o cão a fazer xixi no lugar certo.

Embora não seja nenhum bicho de sete cabeças, a tarefa exige tempo, dedicação e paciência. Isso porque, nesse momento, tomar atitudes impensadas pode não só dificultar o aprendizado, como também atrapalhar a relação do pet com a família. A seguir, descubra os principais erros cometidos pelos tutores na hora de ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo. 

 

  1. Não reservar tempo para educar o pet

Se tem dúvidas sobre como ensinar cachorro a fazer necessidades no lugar certo, melhor maneira é por meio do reforço positivo, ou seja, você deverá recompensá-lo imediatamente, sempre que ele fizer as necessidades no local estipulado. Mas, como fazer isso se você nunca estiver em casa?

Por isso, é importante, ao menos nos primeiros dias, reservar um tempo para acompanhar a rotina e os hábitos do pet. Assim, você poderá levá-lo ao local correto de fazer xixi sempre que perceber que ele está com vontade, e poderá recompensá-lo em seguida, acelerando o aprendizado.

  1. Não restringir o espaço do cão quando ele fica sozinho

Não é porque o cão ainda não sabe perfeitamente onde deve fazer suas necessidades que você não poderá se ausentar em alguns momentos. Nessas horas, no entanto, é importante que o pet seja deixado em um espaço mais restrito, com acesso ao tapete higiênico, diminuindo as chances de ele fazer xixi em locais inadequados.

Isso é bom porque, além de preservar as suas coisas – como tapetes, carpetes, etc. – também acelera o aprendizado, já que, quanto mais ele errar, mais demorado será para o pet assimilar o que se espera dele.

  1. Não criar uma rotina

Uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos tutores na hora de ensinar o pet a fazer xixi no lugar certo é saber quando ele está com vontade para aí levá-lo ao tapete higiênico e recompensá-lo. A boa notícia é que, com uma rotina, é possível ficar craque em prever esses momentos, já que os cães, assim como nós, também acabam criando o hábito de fazer suas necessidades sempre em determinados períodos ou depois de atividades específicas.

Por isso, alimente-o de forma regrada e procure levá-lo para fazer xixi ao acordar, após as refeições e depois de brincadeiras mais intensas.

Imagem relacionada

  1. Insistir no uso de jornais

Pode parecer frescura, mas a verdade é que tapetes higiênicos realmente ajudam a ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo, à medida em que dão ao pet uma referência de onde fazer isso.

Hoje em dia, é possível contar também com produtos capazes de estimular o cachorro a urinar no local. Além, é claro, de tapetes serem muito mais confortáveis e higiênicos tanto para o cão quanto para o tutor, permanecendo fixos no chão e absorvendo a urina.

Além disso, o jornais aumentam o risco de escorregões, e também soltam tinta, o que pode resultar em alergias.

  1. Colocar o tapete higiênico em local inadequado

Assim como nós, cães também não gostam de dormir ou de comer no mesmo local em que fazem suas necessidades. Por isso, nunca coloque o tapete higiênico próximo da cama do cachorro ou do comedouro e do bebedouro.

Em vez disso, procure um lugar tranquilo e de fácil acesso onde o cão se sentirá seguro.

  1. Não eliminar odores

Sabe como, nos passeios, os cachorros sempre buscam o local onde outros cães fizeram xixi para ir ali fazer o mesmo? Pois bem! Cães têm o olfato muito desenvolvido e tendem a buscar sempre os mesmos locais em que há cheiro de xixi ou de cocô. Por isso mesmo, sempre que o cão fizer suas necessidades no lugar errado, lave bem o local a fim de remover qualquer odor. Paralelamente, você também pode apostar em educadores sanitários, produto para cachorro urinar no local certo.

  1. Perder a paciência

É bastante óbvio, mas não custa nada reforçar: cachorros não entendem nossas palavras. Por isso, quando eles fazem algo errado, não adianta brigar, gritar, ameaçar, muito menos partir para atitudes agressivas, como bater ou esfregar o focinho do seu amigo no xixi.

Além de serem cruéis, táticas desse tipo não funcionam, pois o pet não associa o castigo ao que fez de errado, e pode, inclusive, desenvolver outros problemas, como a coprofagia.

Fonte: Petz

 

Tags: higienepet, petsaudavel, bemestarpet, comportamentopet