fbpx
  • O 1º comedouro
    biodegradável e atóxico
    do Brasil

    COMPRAR

  • Já conhece o
    Patalimpa?

    COMPRAR

  • Não polui o meio
    ambiente

    COMPRAR

  • Não deixa resíduos

    COMPRAR

  • É muito mais seguro
    para a saúde do seu pet.

    COMPRAR

  • Faça o seu pedido
    agora pela nossa loja online!

    COMPRAR

  • Pense verde. Sonhe alto.
    Mude o mundo.

    COMPRAR

Compre sem sair de casa!

R$ 45,00

R$ 45,00

Bowl Grande - 1.500ml
R$ 35,00

R$ 35,00

Bowl Pequeno - 500ml
Preço sob consulta

Preço sob consulta

Patalimpa + 1 Refil

Sinais corporais de que seu cachorro pode estar estressado com a quarentena

Sinais corporais de que seu cachorro pode estar estressado com a quarentena

A quarentena imposta mundialmente no objetivo de conter o avanço do novo Coronavírus segue sendo uma circunstância delicada e até fatigante, tanto para os humanos quanto para os pets. Sim, os peludos também são vítimas desse momento tão difícil – e importante – imposto para combater a COVID-19.

O principal aspecto que a quarentena aborda é evitar sair de casa, o que afeta diretamente uma das atividades mais amadas pelos cães: o passeio. O ideal é que as pessoas não saiam com seus pets neste período, exceto em casos onde o cão não faz suas necessidades dentro do lar. Ainda assim, essa fugidinha deve ser rápida e longe do objetivo habitual, que é o de estimular o gasto de energia.

Esse momento pode ser muito bem aproveitado para estreitar a relação entre humanos e pets. Porém, a questão de não pisar para fora de casa pode fazer com que eles se estressem, especialmente pelo fato de que suas rotinas foram completamente alteradas. Essa, inclusive, é uma das coisas que mais causam estresse neles. Por isso, é preciso nos atentarmos ao comportamento dos peludos, para prevenir alguns problemas.

Desconfia que seu pet pode estar estressado com a quarentena? Listamos seis possíveis sinais corporais, confira:

Leia mais...

Saiba porque não usar álcool ou álcool em gel no seu pet

Saiba porque não usar álcool ou álcool em gel no seu pet

A preocupação com a assepsia deveria ser algo comum a todos nós mesmo antes de qualquer pandemia, porém, precisou da chegada de um novo vírus para que a gente passasse a se interessar de verdade em manter o nosso corpo e os ambientes que frequentamos livres dos perigos trazidos por germes, bactérias ou vírus.

Essa nova realidade nos fez lembrar também que para a prevenção surtir efeito é necessário que a preocupação seja coletiva, e nesse contexto entra o nosso dever de redobrar a atenção com os pets, que podem servir de “transporte” para esses visitantes indesejados, que podem prejudicar a saúde da família toda.

Se entre os humanos o uso de álcool em gel é indicado para manter as mãos higienizadas, o mesmo não pode se dizer dos bichinhos. No caso deles, ao invés de evitar um problema, pode-se acabar gerando um outro maior.

Leia mais...

Sinais que podem indicar que seu cachorro está com dor

Sinais que podem indicar que seu cachorro está com dor

Os pets são um dos principais motivos de nossas alegrias mas, por outro lado, a preocupação com o bem-estar dos bichinhos vem na mesma medida que a felicidade, e a gente fica com o coração na mão quando sabe que eles não estão bem.

Se você tem um cachorrinho em casa e só começa a ficar preocupado quando ele fica chorando ou latindo em demasia, saiba que o cachorro pode dar sinais que está com dor de maneira bem mais silenciosa e é bom ficar atento pra conseguir ajudá-lo o quanto antes!

Leia mais...