fbpx
  • O 1º comedouro
    biodegradável e atóxico
    do Brasil

    COMPRAR

  • Já conhece o
    Patalimpa?

    COMPRAR

  • Não polui o meio
    ambiente

    COMPRAR

  • Não deixa resíduos

    COMPRAR

  • É muito mais seguro
    para a saúde do seu pet.

    COMPRAR

  • Faça o seu pedido
    agora pela nossa loja online!

    COMPRAR

  • Pense verde. Sonhe alto.
    Mude o mundo.

    COMPRAR

Compre sem sair de casa!

R$ 45,00

R$ 45,00

Bowl Grande - 1.500ml
R$ 35,00

R$ 35,00

Bowl Pequeno - 500ml
Preço sob consulta

Preço sob consulta

Patalimpa + 1 Refil

Afinal, por que os cachorros abanam o rabo?

Embora o significado exato de cada movimento de rabo ainda seja um enigma para a ciência, estudiosos concordam que o rabo de cachorro é um elemento muito importante para a comunicação corporal dos cães.

Em conjunto com outras formas de expressão, como posição do corpo, das orelhas e mesmo latidos, o rabo também serve para ajudar o cachorro a transmitir o que está sentindo. Exatamente como os elementos citados nas perguntas acima!

Leia mais...

Como limpar orelha de cachorro

Sendo uma estrutura super importante para os cães, não apenas para a audição mas também para o auxílio no equilíbrio, o ouvido dos cachorros deve ser tratado com todo o cuidado possível, pois assim como o nosso, é uma região bem sensível. Por isso, é imprescindível que a limpeza seja realizada com produtos específicos e com cautela.

Caso o ouvido não seja limpo com produtos adequados e de maneira correta, o cachorro pode ter muitos desconfortos auriculares, que podem ir desde otites até graves comprometimentos da região. 

Quando os cães apresentam algum problema no ouvido, eles costumam demonstrar alguns sinais como chacoalhar a cabeça, coçar insistentemente a orelha, e caso esteja inflamado (otite) o cachorro pode chorar ou se mostrar agressivo quando nos aproximamos das orelhas.

Para evitar que o seu cachorro passe por esse desconforto, siga algumas dicas que daremos a seguir.

Leia mais...

Diabetes em gatos: conheça os sintomas!

Você sabia que os pets também podem desenvolver diabetes? A doença, já bastante temida por nós, ataca principalmente os gatos, quando o corpo dos felinos não consegue processar corretamente a glicose, deixando-a acumulada, atingindo altos níveis na corrente sanguínea. 

Essa falha ocorre por conta da insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas, responsável por processar a glicose. Os gatos podem desenvolver a diabetes tanto tipo 1 como a tipo 2. Na primeira, o corpo praticamente para de produzir a insulina como uma reação do sistema imunológico, enquanto que no tipo 2, a insulina produzida não é suficiente. Essa última é a mais comum de ser diagnosticada em gatos.

Para evitá-la – assim como para os humanos -, sabemos que uma alimentação saudável é essencial, além da prática de exercícios físicos.

Leia mais...